9.9.17

Pseudo-Tag: Animes amados x odiados

Hoje temos tag!
Yoo minhas raposinhas sensuais, tudo melzinho na chupeta!? Comigo vai tudo na tranquilidade, porém confesso que não tenho grandes novidades, apenas a minha expectativa para o feriado de 7 de setembro (já que esse post está sendo escrito numa terça-feira, vulgo dia 05/09), entretanto, para aqueles que estão achando que eu estou feliz com o feriado para poder pagar uma de vagabunda, vocês estão bem enganados. Vejam bem, a minha situação anda tão tensa que a minha felicidade com feriados é o fato de rolar mais tempo para estudar e colocar as matérias da faculdade em dia... Okss, confesso que estou montando um pequeno drama aqui, mas num geral é isso que anda acontecendo mesmo (ainda mais com patologia especial e imunologia que são uma paulada de conteúdo). Fora isso, sem grandes acontecimentos (bem, estamos tendo revelações bombásticas em Kuro, Alone voltou, Any-chan está postando com mais frequência, mas é aquele ditado "Quando o santo é muito generoso A GENTE DESCONFIA"). Aliás, falando na Any-chan, eu quero dar um AVISO: É o seguinte, para aqueles que conhecem a Any-chan, ela era dona do Forever Sapo, mas agora trocou de bloguinho, no qual se chama Caixinha de Surpresas, ENTÃO BORA LÁ SEGUIR O BLOGUINHO. E se você é novo e não conhece ela, vai lá seguir também, ela é a nossa especialista em No.6, rainha da representatividade e ainda manja das otaquices! Enfim, mas vamos encerrar essa introdução e partir para os surtos do dia!


Pois bem, hoje eu resolvi trazer uma tag marotinha que estava rolando no tiozão Youtube, no qual recebeu o nome de Ying Yang Anime (criada nesse canal aqui), e como vocês sabem eu nunca perco uma boa oportunidade de enaltecer os meus animes queridinhos, certo!? (sim, isso significa que vai rolar Gintama e Inu x Boku SS). Enfim, a tag funciona da seguinte maneira:
Melhores e piores animes:
1- Citar melhor e pior anime de 12 episódios (pode ser entre 10-15 episódios)
2- Citar melhor e pior anime de 20 a 26 episódios 
3- Citar melhor e pior anime longa metragem
4- Citar melhor e pior anime com mais de 100 episódios
5-Citar melhor e pior anime original

Melhores animes: Anime de 12 episódios - Inu x Boku SS

Confesso que aqui foi uma decisão BEEEMMM difícil, pois se eu fosse considerar temporadas separadas (tipo, primeira temporada, segunda temporada....), teriam vários xodós meus nessa lista, como Kamisama Hajimemashita (com duas temporadas de 12 episódios), Noragami, Fate Zero, Fate Stay Night UBW... Enfim, todos com duas temporadas de 12 episódios, portanto para reduzir estratosfericamente essa lista, eu vou apenas considerar os animes com EXATAMENTE uma única temporada de 12 episódios. Portanto, essa lista é reduzida em dois animes: Inu x Boku SS e ReLife, porém, entretanto, todavia, o mangá de Relife é muito mais emocionante e cheio de feels, então ficaremos com Inu x Boku SS (okks, nem sei porque eu expliquei todo o meu processo de escolha, enfim....). Tá, e porque Inu x Boku SS!? Porque esse anime tem tudo o que eu mais amo: Romance + Galerinha bizarra, mas que no fundo, no fundo batem bem da cabeça. Os personagens são malucos, carismáticos e possuem características marcantes, portanto é muito fácil se apegar a todos, porque cada um tem suas manias (que, diga-se de passagem, são extremamente bizarras), e no meio disso tudo há o romance entre a Ririchiyo e o Miketsukami, que além de divertido, possui uma história muito interessante e bonita envolvendo o passado de ambos. Para quem curte shoujo é um prato perfeito, pois foge do padrão "romance escolar kawaii-desu", pois há piadas loucas e pervertidas, os protagonistas também são diferentes e malucos, por exemplo: O Miketsukami pagando uma de mordomo carente da Ririchiyo e fazendo chantagem emocional (vulgo isso), enquanto que a Ririchiyo paga uma de séria e indiferente, mas vive tendo crises existenciais e escreve cartas e cartas com pedidos de desculpa caso ela sinta que foi grossa ou mal educada com alguém. E esse é outro ponto interessante do anime, pois mesmo que os personagens tenham seus estereótipos (Ririchiyo a garota séria, Nobara a lésbica maluca, Kagerou o sadomasoquista....), ao mesmo tempo o anime quebra todos esses rótulos, mostrando que essa galera possui lados mais sérios e sensíveis. E por fim, o final é muito lindo, a maneira como o Miketsukami e a Ririchiyo ficaram juntos e projetaram o seu futuro foi muito fofinha e com um leve toque de melancolia.

Melhores animes: Anime com 20-26 episódios - Steins Gate

Só digo uma coisa: Viagens no tempo + Personagens bizarros, mas bem desenvolvidos + Romance = EU SURTANDO ENLOUQUECIDAMENTE AQUI! Steins Gate foi uma surpresa maravilhosa, pois ele começa de uma maneira bem despretensiosa. No início parece que o enredo não quer muita coisa, vemos um grupinho de pessoas brincando com um microondas turbinado que transforma bananas em geleias. MAS, eis que o enredo vai tomando corpo e chega em algum lugar, diga-se de passagem, num clímax tenso, inimaginável e de difícil resolução. Pois, após zuar com as linhas do tempo e pagar uma de "viajante do tempo", o protagonista Okabe se vê num cruzamento sem saída, no qual a única opção é seguir em frente. Entretanto, para seguir em frente ele terá que abandonar algo extremamente precioso para ele e fazer vários sacrifícios. E esse é um dos pontos bacana de Steins Gate, pois no início ele nos faz acreditar que as pequenas ações dos personagens não vão resultar em nada, e tudo vai continuar tranquilo como sempre foi, entretanto essas ações vão se somando para no final resultarem em algo catastrófico, obrigando o protagonista a largar toda a sua brincadeira de cientista e encarar as suas descobertas sobre viagens no tempo como algo sério, além de desenvolver e aprofundar um elenco que inicialmente era estereotipado. Portanto, veremos os personagens mostrarem que eles são muito mais do que sua imagem inicial: A Kurisu não é apenas uma tsundere, ela na verdade é alguém muito sensível que valoriza o sentimento das pessoas, o Okabe não é apenas um lunático despreocupado, ele sabe se arriscar e correr atrás das coisas quando necessário, o Daru não é só um otacão pervertido, ele é um cara extremamente inteligente, no qual graças a ele todas as teorias da Kurisu e do Okabe são tiradas do papel e colocadas em prática, e a Mayuri por mais inocente que seja, ela é quem mais consegue perceber o que se passa com os personagens. E tudo isso colocado num enredo de viagens no tempo muito bem construído, com tudo sendo explicado e posto em seu devido lugar. Ah, e a trilha sonora é de tirar o fôlego!

Melhores animes: Anime longa metragem - Kimi no Na Wa

Eu confesso que mesmo curtindo os filmes do Makoto Shinkai, ao mesmo tempo eu tenho um certo probleminha com eles: Os personagens! Eu dificilmente consigo me apegar aos personagens, e algumas vezes isso me atrapalha para eu me compadecer ou entender completamente as situações deles, então eu meio que fico "Ok". Mas, é aí que Kimi no na Wa brilha lindamente, pois ele conseguiu fazer algo que os outros filmes não fizeram: Trazer protagonistas carismáticos e uma história empolgante. Porque até então, os filmes que eu tinha visto possuíam histórias que focavam tanto na questão "sofrimento", que no final se tornava meio cansativo, além disso, os personagens sempre me pareciam ser um tantinho monótonos. Portanto, Kimi no na Wa, consegue a proeza de fazer com que a gente se apegue verdadeiramente aos personagens com pouquíssimo tempo de tela! Logo no início eu já estava encantada pelos dois protagonistas, e como eles tinham uma visão de mundo completamente diferente um do outro: Enquanto a Mitsuha é uma pessoa enérgica e com uma vontade louca de expandir os seus horizontes muito além da sua pequena cidade, o Taki é um cara mais "engraçadinho", ele é o tipo de garoto que tem crush na senpai, mas morre de vergonha de falar com ela. Porém, ele consegue ser muito espontâneo em certos casos, principalmente quando isso envolve a troca de corpos e a Mitsuha! Outra característica que dá vários pontinhos ao filme, é o fato do enredo saber trabalhar o tema principal "Distância", mas sem ficar batendo muito forte na tecla "sofrimento", ele leva tudo com leveza e de forma divertida, mas dando uns toques mais sérios e dramáticos na medida certa, sem deixar o filme muito pesado ou muito "bobinho". E por fim, o filme conseguiu ainda dar um clima verdadeiro de tensão, fazendo a pessoa sentir aquele desespero básico, pois rola um plot twist inimaginável, no qual tudo o que a pessoa pensa é "PQP, É AGORA QUE TUDO VAI ACABAR EM TRAGÉDIA". O filme conseguiu trazer uma reviravolta inimaginável e ainda resolver ela de maneira muito dinâmica, dando um final que caiu como uma luva no filme e ainda deixou um sentimento de "quentinho" no coração misturado com "eu quero mais".

Melhores animes: Anime com mais de 100 episódios - Gintama

"Mas Gintama de novo!? Post retrasado foi essa desgraça, e agora outra vez!?" SIM, SIM E SIM! Porque Gintama é um anime MUITO subestimado (assim como AkaYona ~já que por ser shoujo ainda tem uma galera com o pé atrás~ Noragami ~até hoje eu não entendo a resistência de algumas pessoas com Noragami, que é bom para um caraleo~)... Enfim, eu poderia fazer um post enaltecendo Gintama e listando todos os motivos que o fazem espetacular, mas resumidamente nós temos: 1) Personagens femininas maravilhosas (falo delas aqui). As personagens feminas são devidamente trabalhadas, elas não são jogadas de qualquer jeito e não ficam apagadas em nenhum momento, pelo contrário, elas possuem destaque, personalidades marcantes, histórias envolventes e sua devida importância na trama. Gintama é um dos poucos animes em que acertou 100% com todas as suas personagens femininas, sabendo mesclar o lado gintamesco delas com ótimos backgrounds. 2) Por mais bizarro que Gintama seja, ele passa um sentimento muito verdadeira e sincero, ou seja, é muito fácil entender a situação dos personagens e o que eles estão sentindo, pois são coisas retiradas da vida real, do cotidiano das pessoas, sejam elas extremamente simples: Como bater aquele desespero quando acaba o papel higiênico do banheiro e não tem uma alma viva para te salvar (e sim, há praticamente um episódio inteiro em torno desse assunto).... Okss, talvez a parada do papel higiênico não seja tão simples assim, mas por hora deixaremos quieto esse assunto polêmico.

Ou podem ser coisas mais complexas, como brigas de família. Porém, é nesse assunto que Gintama brilha: Pois, ao invés de colocar um drama pesado, com algum tipo de "vilão" na família que só quer prejudicar os seus parentes (como a maioria das histórias fazem), Gintama coloca um drama na medida certa e sem o dito "vilão". Ele mostra o que realmente é uma família, e como pequenos desentendimentos podem levar a brigas mais sérias, mas sem a necessidade de haver um vilão, porque simplesmente não tem! Todos aqui já brigamos com um irmão ou com os nossos pais, certo!? Podemos ficar um período até sem conversar com eles ou remoendo toda a nossa raiva, porém mais cedo ou mais tarde as coisas se resolvem, porque família é assim mesmo: Uma hora a gente briga, outra hora a gente faz as pazes, e na hora que aparece gente de fora querendo tretar a gente mete o louco para ajudar a nossa família. E Gintama mostra justamente isso, ele consegue fazer a pessoa se identificar com as situações e com os personagens, por exemplo: Eu adoro o Gintoki, não apenas por ele ser o Gintoki, mas porque eu vejo muita coisa minha naquele personagem, ou seja, o mesmo vício por doces (sim, aquele desespero dele é o mesmo desespero que eu sinto), as brigas dele com o Shinpachi e com a Kagura É MUITO EU E MEUS IRMÃOS, aquelas discussões bobas ou ficar disputando por comida, é o que acontece aqui em casa (no caso em relação a doces), o fato dele ser meio crianção mesmo com 20 anos na cara é o mesmo que ocorre comigo. Então, é muito bacana ver como os personagens podem ser verdadeiros, eles mostram os seus defeitos, mostram as suas manias estranhas, mostram o seu lado sério, eles são várias coisas assim como nós.

E lógico: O enredo, pois se você pensa que Gintama é só paródia bizarra, vai preparando a tua alma para satã porque Deus não vai te aceitar no céu :v Gintama pode até começar como um anime de paródia, no qual não se sabe muito bem onde a história vai chegar, mas aos poucos ele vai puxando os personagens, vai colocando os seus arcos, vai conectando uma coisinha na outra e vai mostrando que possui um enredo muito mais complexo do que aparentava, com direito a jogos políticos e um golpe de estado por baixo dos panos! Isso sem contar os feels familiares e aceitação própria de alguns personagens.... Sem mencionar a trilha sonora e cenas de ação que são incríveis!

Melhores animes: Anime original - Psycho Pass

MUAHAHAHAHAHAHA e vocês já estavam preocupados pensando que eu não mencionaria Psycho Pass, certo!? Cara, Psycho Pass é um negócio de outro mundo, porque ele reúne tudo o que eu mais amo num anime: Circo pegando fogo (porque é cada treta delícia nessa desgraça que cês não tem noção), vilão com ideais concretos, sem ficar pagando uma de vítima lunática (além de ser ultra crushável), OS BOY MAGIA NÉH, PORQUE ANIME BOM É ANIME COM HOMÃO 2D! Como o Kougami, no qual é um protagonista badass que mete o louco em tudo, mas no final é um mozão de pessoa, e alguém um tanto fragilizado e inconformado devido alguns acontecimentos do passado. Além disso, o Kougami é um personagem que acredita muito na protagonista Akane e na maneira como ela interpreta a sociedade, é como se ele depositasse as suas esperanças ou crenças esquecidas na Akane, uma vez que ele reconhece as habilidades e a maneira como ela lida com a vida... E aproveitando essa deixa, nós entramos no outro fator que me fez amar Psycho pass: Protagonista feminina bem desenvolvida e QUE SABE PISAR BEM PISADO NAS FALSIANES QUE APARECEM NO ANIME! Putz, a Akane é incrível, porque ela consegue ter uma visão que vai muito além do amar x odiar sistema Sibyl, ao mesmo tempo em que reconhece e aprende a lidar com um lado muito contraditório dela, pois sentimentalmente ela sente ódio e compreende o sentimento dos coagentes em relação ao sistema sibyl, porém racionalmente ela sabe reconhecer que esse sistema é a melhor opção que o Japão possui e que sem ele o país cairia em caos. Portanto, ela consegue pesar tudo o que ocorre a sua volta numa balança, mas sempre procurando um terceiro caminho para solucionar as coisas (além dela ser ultra parceria e mó queridinha).

E claro, como NÃO MENCIONAR O SHIPP SOFRÊNCIA KOUGAMI X AKANE, porque convenhamos, eu posso ser a maluca dos shipps, aquela que shippa Ginkagu, Yatori, Hak x Yona :v Mas, Kougami x Akane é muito real cara, ambos acabam ficando muito próximos, e ao longo do anime se nota o quanto o Kougami respeita e possui um carinho pela Akane, enquanto ela admira o Kougami e procura compreender melhor a maneira dele pensar e ver as coisas, além de tentar mostrar para o Kougami que ele não é apenas um "cão de caça", ele é um detetive assim como ela. Outra coisa bacana do shipp é que tudo é meio sútil, não há cenas escancaradas, e o melhor de tudo é que não é necessário ter cenas desse tipo, pois mesmo sendo sútil é muito fácil notar como os dois se dão super bem <3

Piores animes: Animes de 12 episódios - Campione

Quem me conhece sabe o quanto eu aproveito a oportunidade de expressar o meu ódio com Campione, uma vez que ele conseguiu unir tudo aquilo que eu não suporto num anime: Harém mal desenvolvido que não acrescentar nada, fanservice exagerado e muitas vezes desnecessário, enredo com bom potencial colocado de lado para dar foco ao ecchi e harém.... Resumindo: É uma merda! E o final no quesito romance não poderia ter sido pior: O protagonista fica com todas as mulheres do harém, pagando uma de MC Catra (só faltou os filhos), enquanto que a protagonista feminina aceita essa situação e diz que tá de boas contanto que ela fosse a favorita.... AH VÁ PRA PQP COM ESSA DESGRAÇA DE CORNISSE, COMO ASSIM!? OU O MACHO É TEU OU LARGA ESSA VIDA DE CHIFRUDA! ~uffa desabafei~ O anime tinha um potencial enorme para ser algo bacana, ele tinha uns paranauês de mitologia que se bem trabalhados dariam um enredo gostoso, mas ao invés disso preferiram esquecer todo esse potencial e se focar apenas no quesito peito e bunda. Enfim, sinceramente eu não tenho problema com ecchi, tanto que eu adoro No game No life, no qual tem uma caralha de ecchi, PORÉM ele sabe usar isso a seu favor, e em nenhum momento ele perde o foco e sua proposta original, coisa que infelizmente Campione não fez.

Piores animes: Animes de 20-26 episódios - Touka Gettan


NEM ME PERGUNTEM DE ONDE DIABOS EU TIREI ESSE ANIME, putz que negócio ruim, heim! Sabe aquele anime que é tão ruim que você já nem sabe mais porque você não gostou dele!? Então... Touka Gettan é um desses. Acho que o principal problema do anime foi o enredo meio sem pé nem cabeça..."Ah, mas Hina-chan Gintama também é assim", ok, ok Gintama pode não ser o sinônimo de "normalidade", porém Gintama é o tipo de anime onde as suas coisas sem sentido, passam a fazer sentido no seu universo, pois são coisas que se mantém consistentes durante toda a obra. Por exemplo: Gintama se passa no Japão antigo, entretanto eles possuem mais tecnologia do que nós, e na obra é explicado que essa tecnologia foi trazida pelos aliens que chegaram por lá. E isso se mantém durante todo o percurso, tanto que os grupos mais influentes tanto na politica quanto em poder bélico, são os alienígenas! Entretanto, isso não acontece com Touka Gettan, eles simplesmente vão misturando um monte de acontecimentos na história sem nem sequer montar uma ordem cronológica. SIM! Touka Gettan NÃO possui uma ordem cronológica, e eu acredito que isso é o que tenha tornado o anime tão complicado de entender (fora as coisas sem nexo que ele apresenta). E mesmo que existam animes que não seguem uma ordem certinha dos fatos, como Baccano, ou as séries Monogatari, ainda assim eles conseguem organizar tudo de uma maneira que a pessoa entenda o que está acontecendo, porém Touka Gettan não faz isso, a pessoa termina o anime sem saber o que era começo, meio e fim da história.

Piores animes: Anime longa metragem - Kotonoha no Niwa

Não que eu tenha odiado esse filme, eu até curti ele, mas algo nessa história não me desceu. A proposta do filme é muito boa, porém parece que eles tentaram montar um drama mais complexo, mas no meio do caminho ficaram com preguiça de desenvolver e aí resolveram deixar tudo como estava mesmo. Além disso, eu tive uma certa dificuldade para me apegar aos personagens, eles pareciam meio distantes, eu não sei explicar direito, mas nos filmes do Makoto Shinkai eu não consigo simpatizar com os personagens, fico meio indiferente com eles, pois em alguns momentos eles mesmos parecem meio indiferentes.... Enfim, mas talvez o problema seja mais comigo do que com o filme (eu acho).

Piores animes: Animes com mais de 100 episódios - InuYasha

Aqui vai dar polêmica, portanto eu já vou me desculpando previamente com os fãs! Eu realmente tentei ver esse anime, botei fé e fui bem feliz, mas com o decorrer fui ficando bem desmotivada, pois senti como se tudo fosse repetitivo. Por exemplo: Primeiro aparecia algum inimigo, aí o InuYasha lutava, mas aí ou ele perdia ou o inimigo fugia, depois disso rolava algum episódio de "vamos ficar mais fortes" para depois o grupinho de miguxos do InuYasha lutarem contra o inimigo e vencerem, e por fim aparecia um momento de treta com a Kiokyo e depois esse ciclo se repetia. Talvez mais para frente (vulgo após episódio sessenta e lá vai pedrada) o anime tomasse algum rumo diferente e parasse com esses ciclos para pegar em algo mais aleatório / inesperado, mas confesso que não me motivei a seguir em frente com o anime e dropei ele, sorry. Além disso, eu fui uma dessas crianças infelizes que não viu InuYasha na tv, portanto eu não carrego aquela nostalgia pelo anime que muitos possuem, então no final das contas eu sou meio indiferente com essa história.

Piores animes: Anime original - Nobunaga the Fool

Juntem Joana D'arc, Nogubanga, Maquiavel, Leonardo da Vinci, Rei Arthur e a galera da Távola Redonda + Mechas + Guerras entre sabe-se-lá-quem e vocês terão um resumão do que é o enredo de Nobunaga the Fool... E sim, não faz muito sentido, e sim, tem coisas bem estranhas. No começo até que o anime estava legal, tinha uma ligação bacana entre o Nobunaga e a Joana D'arc, além de parecer que ela teria um papel importante e seria uma boa personagem (já que era a protagonista), mas aí resolveram colocar ela como uma jovem bobinha, o Nobunaga como um cara sem noção que tenta pagar um de "sou um cara racional que irá usar a protagonista e quem-for-que-seja para vencer essa guerra", mas falha miseravelmente nisso e acaba parecendo apenas um personagem que não sabe o que fazer da vida. No final o anime tinha tudo para ser muito bom, a proposta dele de juntar a galera famosa da história e colocar uns contra os outros era muito promissora (tanto que Drifters fez isso e deu certo), ainda mais com um clima de romance sofrido entre os protagonistas. MAS, com o decorrer do enredo, a história foi ficando muito esquisita, e no final resolveram jogar do nada e forçar o romance entre o Nobunaga e a Joana D'arc que, diga-se de passagem, nem tinha sido desenvolvido corretamente, fazendo com que de uma hora para outra Nobunaga percebesse que amava a protagonista e não queria usar ela. E eu nem ouso mencionar o final, que além de ter sido muito corrido foi também muito ruim, eles tentaram fazer algo diferente, ou seja, fugir do "felizes para sempre", mas zuniaram com tudo... Sério, aquele final... SÓ DEUS NA CAUSA!


Bem, como não é exatamente uma tag oficial eu não vou marcar ninguém, mas quem tiver interesse pó fazer de boas..... Enfim, eu sei, eu sei, esse post está parecendo os meus antigos posts mega surtados em que vocês só sofriam, MAAAASS é sempre muito bom relembrarmos os velhos tempos, não é mesmo!?.... Quê!? Ou vêm me dizer que vocês não reparam que ultimamente os meus posts tem sido mais tranquilos e menos gigantescos!? Ah, convenhamos que eu tenho melhorado como ser humano e até que eu tenho maneirado no tamanho dos posts, néh!?.... Néh!?..... NÉH!?

11 comentários:

  1. Hello Hinata-chan~
    Espero bem que te corra tudo bem com os estudos!

    Indo para a tag~
    Já estava para ver Steins Gate e agora também quero ver Inu x Boku SS. A minha lista de animes para ver está a ficar interminável, socorro.
    Kimi no na Wa está muito bom sim, merece a atenção que tem tido, apesar de preferir outros filmes de anime! Ainda assim a história está muito gira, assim como os personagens. Confesso que a início estava muito confusa com aquilo, mas a pouco e pouco vão revelando tudo e a história ficou muito boa. Além de que a parte de troca de corpos é muito divertida xD
    Eu veria Gintama se não fosse tão longo... Até acredito que seja giro! Talvez devesse dar uma oportunidade e ver o primeiro episódio. Isso que dizes das personagens femininas é o que sinto com Fairy Tail, aliás, ainda tenho de terminar de ler isso. Acho que o Hiro Mashima criou imensas ótimas personagens femininas que são fortes e não as deixa de lado, usa o potencial delas! Mas FT tem um grande lugar no meu coração mesmo <3
    Tenho uma amiga que viu Psycho-Pass e gostou, talvez devesse ver também! Não conheço a história, mas se me interessar vai já para os to watch. E acredito que me vá interessar.

    Falando dos outros animes, só vim um ecchi em toda a minha vida. Devo dizer que harem me faz um pouco de confusão no sentido de que como é que eles resolvem isso? Com quem fica o protagonista? Mas nunca vi, por isso não posso opinar. Tenho interesse em No Game no Life e se estiveres interessada recomendo Midori no Hibi, o ecchi que já vi. Tem uma história muito muito fofa, adorei mesmo.
    Kotonoha no Niwa não é mau, eu vi-o no avião enquanto voltava do Japão, porque estava a devorar todos os filmes de animes que eles tinham lá. Anyway, o filme não é mau, mas também não deixa qualquer tipo de impacto em ti, acho que é isso. Não desgostei, mas também não me disse nada~
    Ainda cheguei a apanhar um ou outro episódio de Inuyasha na TV, mas nem via xD mas Inuyasha parece-me o típico shounen. O meu problema com isso é que esses animes costumam durar imenso, então têm de me prender, têm de ter algo que os diferencie, porque eles vão dar todos ao mesmo, na minha opinião. É por isso que gosto tanto de Fairy Tail e larguei Naruto e One Piece, por exemplo. Mas isso tem a ver com o meu gosto pessoal.

    Gostei muito da tag, talvez a faça!!
    Chuu~
    http://polyrhythmblog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yooo Popuri O/

      Olha acho que deu tudo certo nos meus estudos, pelo menos achei minhas provas de boinhas ;)

      Steins Gate é uma delícia, o começo pode ser meio lento e estranho, pois parece que ficará sempre na mesma brincadeira de fazer bananas virarem geleias com um microondas ou mandar mensagens para o passado... PORÉM, AOS POUCOS O ANIME MOSTRA QUE AQUELA BRINCADEIRA DELES VAI RESULTAR EM MUITA MERDA, MUITA COISA LOUCA E UM CLÍMAX DE FUDER GERAL! O protagonista vai ter que tomar uma decisão MUITO difícil, no qual não tem saída, é seguir em frente ou seguir em frente. E o legal é que vão fazer uma nova temporada baseada num novo jogo que foi lançado Steins Gate: Zero. E essa temporada vai se passar numa outra linha de tempo, tipo num mundo paralelo, pegando bem essa coisa de viagens no tempo, e linhas do tempo que steins gate menciona tanto... VALE MUITO A PENA ESSE ANIME! E AINDA TEM UM EP ESPECIAL MUITO FOFENHO E UM FILME BEM BACANUDINHO!

      Ah, Inu x Boku ss também é muito bom! Principalmente se você quer relaxar e ver um romance fofenho com um elenco muito louco e surtado. OS PERSONAGENS SÃO MUITO CARISMÁTICOS! Impossível não amar as maluquices deles, são todos muito excêntricos e únicos! Porém, depois de ver o anime, eu te recomendo o mangá, pois o que o anime tem de fofenho e zuerinho O MANGÁ TEM DE TENSO E CARALHUDO! NOSSA, QUEM VÊ O ANIME NEM DESCONFIA DAS TRAGÉDIAS QUE OCORREM NO MANGÁ, SÉRIO! TEM DIREITO ATÉ A VIAGENS NO TEMPO! SÓ LEIA PRA TU SE SURPREENDER!

      Ah, eu também fiquei bem confusa no começo de Kimi no Na Wa, não tava entendo porra nenhuma, mas o legal foi isso mesmo, eles não terem explicado tudo mastigadinho e a gente ir entendo as coisas aos pouquinhos. Principalmente aquele plot quando revelam que na verdade eles eram de tempos diferentes e que a garota já tinha partido dessa p/ melhor!

      Gintama é muito mozão e bem imprevisível! Confesso que os primeiros 50 episódios são lentos e meio "what!?", é basicamente um monte de personagens fazendo um monte de loucuras e piadas sujas, MAS se tu seguir firme e forte com o anime, tu verá o enredo se desenrolar, vai descobrir que os personagens vão muito além dos seus esteriótipos, e que Gintama é acima de tudo um anime sobre família, superações, personagens extremamente humanos, guerras, golpe de estado, manipulações e tretas políticas! O NEGÓCIO QUANDO METE O LOUCO METE HARDCORE! Numa cena tu tá rindo de boas e pensando que o ep vai ser só zuerinha, mas aí quando se dá conta tá vendo algo mega tenso com direito a jogos políticos e altos dramas!

      Excluir

    2. PSYCHO PASS É MUITO CARALHUDO! PUTA MERDA TU TEM QUE VER ESSE ANIME AGORA! Cara, psycho pass fala sobre um japão futurista onde as pessoas são dividas em "normais" e "criminosos latentes", através de um sistema chamado sibyl que consegue ler a mente das pessoas e classificá-las nesses 2 grupos. Aqueles que são criminosos latentes tem 3 opções: Ou eles vão para reabilitação, ou eles são presos, ou eles são mortos. Sendo que quem decide tudo isso é o sistema sibyl. Nisso nós temos a divisão 1 da polícia, onde a protagonista começa a trabalhar como policial e aos poucos vai vivenciando um monte de brechas e contradições nesse sistema e na maneira como a sociedade japonesa está organizada. VAI POR MIM É BOM DEMAIS! OS protagonistas são incríveis, a personagem feminina tem um desenvolvimento de chorar de orgulho! E o "vilão" da história tem uma ideologia sólida e um ar misterioso maravilhosos! Sério, se tem um anime que eu te recomendo pakas é PSYCHO PASS! ESSA TUA AMIGA MANJA DO QUE É BOM!

      Harém é 8 ou 80, ou ele é muito ruim ou ele é muito bom. Os haréns comunzinhos se resumem em um boy sem sal pagando de heroizinho bondoso e atraindo magicamente tudo quanto é mulher peituda pra cima dele! (e por algum motivo esse tipo de anime geralmente se resume "garoto normal vai parar numa escola mágica e descobre que é poderosão"). Já os haréns shoujos se resumem em: Garota pamonha sendo feito de brinquedinho por um bando de macho que só querem passar a mão nela, enquanto a mesma não faz nada e não decide nada da vida. PORRÉEEEMM, há haréns que fogem desse padrão e conseguem apresentar boas histórias e bons protagonistas como: Clannad, Hakuouki e Mahouka Koukou no Rettousei

      No game no life é bem legal, os protagonistas são uma graça, eles tem o seu lado otacão, mas sabem ser fodas quando necessário. Sem mencionar que ambos são muito inteligentes e formam uma dupla espetacular! Vale muito a pena ver! A relação entre os irmãos protagonistas é muito bonitinha, ambos se preocupam muito um com o outro e se ajudam pakas, o anime consegue mesclar bem os momentos de tensão com a comédia, ele sabe colocar a comédia nos momentos certos e sabe criar um clima épico muito bom! E ainda vão lançar um filme! SÉRIO, É MUITO SHOOOOWWW! Recomendo pakas! Aliás, sobre o ecchi que tu viu, vou dar uma procurada nele!

      EITA TU JÁ VIAJOU PRO JAPÃO!? QUE SHOOOOWWWW! XD Eu nunca sai do meu país e muito menos andei de avião, então sempre fico empolgada quando alguma pessoa fala que viajou para algum outro país! Enfim, você resumiu muito bem Kotonoha, ele é um filme legal, mas que não causa nenhum impacto, é apenas ok.

      Verdade! Eu também tenho essa dificuldade com animes muito longos! Eles tem que ser muito bom pra eu continuar vendo. Dizem que no começo de InuYasaha é assim meio lento, mas que depois a coisa fica muito boa e que na segunda temporada o negócio toma um ritmo incrível da pessoa ficar louca por mais episódios. Eu ainda vou dar uma segunda chance e tentar ver de novo, mas terá que ficar para as férias quando eu tiver mais tempo.

      Kiss

      Pó fazer a tag tranquila, aliás, eu ficaria bem curiosa pra saber dos teus animes amados e odiados xD

      Excluir
  2. Yooooo Hina-chan! o/

    FINALMENTE consegui dar as caras aqui, que coisa! xD
    Nossa, vejo que a faculdade está bem puxada, mas espero que consiga levar de boas até o fim do semestre - o lado bom é que passa tão rápido que a gente nem vê! E verdade, estou super feliz que a Any-chan e Alone estão de volta, muito bom ver esses blogs atualizando <33

    Wow, eu amei o meme, mas acho que eu teria a maior dificuldade de fazê-lo porque jamais conseguiria escolher só um anime pra cada categoria, tanto melhor quanto pior. Tipo, jamais mesmo. Eu ia ficar num looping eterno de indecisão xD Eu nem consigo fazer aquelas listas de animes favoritos porque sempre dá mais de 10, 15, é tenso.

    Mas enfim! É como você disse, tem tantos animes xodós com 12 episódios, praticamente impossível escolher só um. Eu (ainda) não assisti Inu X Boku SS, mas juro que está na minha lista mofando junto com os outros 84 animes xD Se Yato quiser, eu consigo assistir ainda esse ano! Bom, eu ainda preciso terminar Mushishi que comecei esses dias e tenho que ler o mangá de Pandora Hearts que prometi a mim mesma que iria terminar também esse ano, então vamos ver o que acontece. Mas eu tenho realmente vontade de assistir, pois parece uma obra bem diferentona do que estamos acostumados (principalmente para shoujo) e tenho certeza que vou curtir. <3

    E o próximo, adivinha, mais um que está na minha lista mofando e ainda não tive tempo de ver! ashauhuahs Porém, é o tipo de anime que eu tenho certeza que vou gostar, porque ficção científica é 10/10 e ainda com uma história bem contada e umas tragédias no meio! O que eu mais gosto é quando os personagens são melhor desenvolvidos, é por isso que às vezes os animes de 20-26 episódios conseguem ser um pouco melhores que os de 12 nesse aspecto, dá mais tempo de desenvolver tanto os personagens quanto suas relações e tudo isso junto ao enredo.

    Aaaaaah como que eu ainda não vi Kimi No Na Wa, me diz? É só um filme, eu PRECISO ver! Mais um que eu prometo assistir até o fim do ano (olha eu fazendo mil promessas, Yato tá de olho)!

    E então, temos... Gintama. Ok, acho que vou parar por aqui de comentar senão você vai me bater porque eu fico adiando assistir todos esses animes HASUAUSHAUH Apesar de que meu único motivo para não ter assistido Gintama ainda é o número de epis, porque eu sei que o anime é BOM DEMAIS. Eu amo quando os animes tratam as personagens femininas de uma forma interessante, empoderando-as e tirando dos estereótipos. Eu adorei saber sobre essa questão do drama de família também, porque vamos combinar que a maioria dos animes realmente exagera e deixa tudo muito overdramático, colocando uns irmãos fdp contra os outros, essas coisas, então é bom ter um refresco, algo mais próximo do real.

    AH! FINALMENTE UM QUE EU ASSISTI FINALMENTEEEE! HAHAHAAHHAHA PSYCHO-PASS!! <3 Exatamente, eu amo a Akane e ela pisa MUITO, confesso que no comecinho eu fiquei meio com o pé atrás com ela, mas depois ela vai se desenvolvendo e se mostrando uma protagonista realmente incrível. Independente do ship (eu também shippo, embora não tão fervorosamente, pra mim eles são praticamente canon xD), é um anime maravilhoso com um plot muito bem construído e personagens ótimos, INCLUSIVE o vilão - MANO, como eu amo quando o vilão é bom! Eu lembro que quando assisti eu realmente me identifiquei com as ideias dele, embora depois vemos que o buraco era mais embaixo e o verdadeiro inimigo era outro. Enfim, esse anime é bom demais! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hm, agora vamos aos piores: eu nunca nem sequer tinha ouvido falar de Campione, pra você ver a situação. Mas enfim: MR CATRA EU RI MUITO ASHAIDUASDHIUASHDIUD Eu acho que não teria prolema uma trama com um relacionamento poligâmico SE fosse algo bem desenvolvido, mostrando os lados da moeda, etc, enfim, algo BEM diferente do que isso parece ser. Aliás, acabei de pensar que não tem nenhum anime que mostra algo assim, né? Aliás, nenhuma obra que eu já tenha lido (tirando um livro que esqueci o nome que fala de uma esposa de um daqueles caras muçulmanos que tem várias esposas) - ou pelo menos nada que não seja do universo muçulmano tratando desse assunto. Eu acho que seria interessante, talvez mostrar como relacionamento poligâmicos realmente podem funcionar de forma harmoniosa em alguma obra? Quem sabe? Acho que seria até alguma representatividade. Mas isso é bem difícil no Japão, então pelo menos no mundo dos animes acho improvável. Olha eu aqui filosofando ahsuahsuahsuahsh

      Hmmmm... Eu já ouvi falar de Touka Gettan, mas não estou muito lembrada. Eu acho tão triste que tem uns mangás tão bons sem anime e os caras vão e fazem uns animes lixos, é triste ou não é? Mas o mundo é assim, fazer o que. Que bizarro. xD

      Esse filme, também: nunca ouvi falar. Ainda bem? Sei lá, né.

      AI MEU DEUS HINA-CHAN, EU TAVA FELIZ ATÉ AGORA MAS VOCÊ VEM E ME CITA INUYASHA? POR QUE VOCÊ FEZ ISSO? NÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!! *vai pra um cantinho e chora em posição fetal* Ok, eu não vou negar que InuYasha é um anime looooooongo e algumas (muitas?) coisas repetitivas, mas eu não vou negar também que ele sempre está na minha lista de animes/mangás favoritos, porque tem algumas coisas maravilhosas nessa obra: primeiro, é a cultura do Japão inserida ali; nós sabemos de toda essa questão dos youkais, mas isso era algo bem desconhecido para o mundo ocidental antes de InuYasha (lembrando que o mangá é bem velho, dos anos 90). E não só os youkais, mas as paisagens, as questões feudais, políticas, religiosas, enfim, é tudo inserido de uma forma que, ao mesmo tempo que tem muita fantasia e ficção, tem também uma boa dose de realidade e de pesquisas históricas. Eu AMO, eu tenho tara por animes históricos, vide Hakuouki e Rurouni Kenshin que são alguns dos meus favoritos (e provavelmente será Gintama por conta disso também) - e até Kamisama Hajimemashita que tem alguns momentos nesse período de InuYasha. Então, só isso já me dá um amorzinho enorme pelo anime, mas tem mais! A história vai sim ficando mais densa e mais completa no decorrer dos episódios, é só que o ritmo é dolorosamente lento MESMO, mas com paciência e fé dá pra chegar lá! xD Nós acabamos descobrindo mais sobre a Joia de Quatro Almas (que é uma história muito linda e emocionante), nós vamos vendo o desenvolvimento enorme do Sesshoumaru, que é meu personagem favorito, e até mesmo dos outros protagonistas. Eu não lembro se o anime tem episódios que não rolam no mangá, tipo uns fillers chatinhos, mas se não me engano tem sim, infelizmente. E tem mesmo essa questão da nostalgia que você citou, isso influencia bastante (e ajudava o fato de que a gente assistia um episódio por dia e tinha tempo, então não ficava cansativo xD). Eita, eu escrevi um monte, mas é que InuYasha é realmente meu xodó T-T

      Bom, esse último eu também nem tinha ouvido falar, então vou seguir seu conselho e nem me darei ao trabalho de assistir. xD

      Huashaushuahuahs enfim, adorei esse post gigante e cheio de surtinho com animes, eu adoro posts assim, não ligo se forem grandes ou menores, sempre leio. <3

      Byeee o/

      Excluir
    2. YOOOO HELO O/

      Sim, tô conseguindo lidar com a facul, finalmente minha época de provas e trabalhos passou e eu estou viva \o/ (e é por isso q finalmente tô respondendo aos coments <3)

      ENFIM, Inu x Boku SS é a mistura de amorzinho com zueragem! Os personagens são todos malucos e únicos, mas ao mesmo tempo eles conseguem mostrar seu lado sério quando necessário. E o bonito é ver que apesar das brigas e loucuras daquela turma, todos eles são bem unidos, ou seja, eles podem brigar entre eles, MAS SE ALGUÉM DE FORA VIER TRETAR O POVO SE UNE PRA CAIR NA PAULADA EM CIMA DE QUEM OS AMEAÇAR! E o toque de sobrenatural deixa tudo muito mais interessante. Além disso, a história dos protagonistas juntos e o final do anime SÃO MUITO MOZÕESSSS! MEU DEUS, O FINAL TEM UM TOQUE DE FELICIDADE E MELANCOLIA MUITO LINDO <3 Mas, eu também super recomendo o mangá, porque se tu acha que inu x boku ss é um anime levinho, fofo e zuerinho TU TÁ ENGANADA! O QUE O ANIME TEM DE FOFO O MANGÁ TEM DE TRETA E LOUCURAGEM! SÉRIO, TU NÃO TEM NOÇÃO DO PLOT PODEROSO QUE ROLA NO MANGÁ DE INU X BOKU SS, TU NUNCA VAI SEQUER SONHAR COM O NEGÓCIO TENSO E LOUCO QUE ACONTECE NO MANGÁ!

      Steins gate é outro maravilhoso! Ele e psycho pass foram os melhores animes de ficção científica que eu vi! E Steins Gate de longe é o melhor anime de viagens no tempo, ele sabe trabalhar isso muito bem e sabe colocar um plot poderosíssimo! E o desenvolvimento dos personagens é incrível. Eles começam como um bando de gente lunática pagando de retardados para depois começar aprofundar e mostrar que todos eles são muito mais do que seus esteriótipos!

      Kimi no na wa é um amorzinho, e tem um plot bem bacana! Ele soube abordar o tema amor a distância de uma maneira diferente e sem aquele drama exagerado dos outros filmes do makoto shinkai e com personagens mais carismáticos (pois, eu tenho um problema com os personagens do makoto shinkai, eles parecem muito sem sal para mim, porém kimi no na wa trouxe protagonistas muito amorzinhos <3)

      Ah, gintama sabe ser louco, mas também sabe largar umas verdades na cara de fazer a gente chorar de orgulho. Ele sabe trabalhar suas personagens femininas, mostrando elas de maneira bem humana, aliás, todos os personagens de gintama são bem humanos, eles tem as suas manias, eles erra, eles brigam por coisas bobas, eles se esforçam, eles perdem, Gintama consegue trazer uma pegada bem real e humana, apesar de suas bizarrices. As relações entre os personagens também são bem "nuas", ou seja, sem aquela purpurina idealizada, o trio yorozuya acaba me lembrando muito de mim e dos meus irmãos, pois as brigas idiotas deles são as mesmas que a gente tem aqui em casa, e o Gintoki tem muitas manias que eu mesma tenho (como os dramas exagerados, o vício por doces, o fato de ser um cara de 20 anos que não trabalha e é mega preguiçoso shauhsuashuashua).

      Eu também fiquei com o pé atrás em relação a Akane, aliás com psycho pass num geral, eu não dava nada, mas aí PAH! Me pegou de jeito, mostrou que era um troço caralhudo. Eu adoro ver a transição que psycho pass faz: primeiro temos a Akane completamente inexperiente e a equipe 1 "clássica", depois vemos alguns morrerem, a Akane começar a se desenvolver a amadurecer e o Kougami que era o "parceiro" da Akane tomar um outro rumo, deixar de ser um coagente, para ser uma espécie de "vingador", depois na segunda temporada vemos a Akane totalmente madura e comandando uma "nova divisão 1", vemos o Ginoza aquele cara super "certinho", sendo um coagente e tendo uma virada de 360 graus na sua personalidade e visão de mundo. Ele percebeu que tudo era muito mais do que seguir o sistema sibyl. E no filme vemos um Kougami "livre", tomando um outro rumo, porém ainda preso a questão "makishima" (naquela cena em que ele alucina com o makishima), enquanto vemos uma akane bem badass e poderosa, porém sem deixar de ser a "akane de sempre". Aliás, rola altas teorias caso venha uma terceira temporada:

      Excluir

    3. Dizem que se rolar terceira temporada de psycho pass, o novo antagonista e vilão será o Kougamil, ele vai tentar derrubar o sistema sibyl e ainda terá várias alucinações do makishima. Enquanto isso a Akane terá que caçar o kougami e a Mika que aparece na segunda temporada irá brigar pela liderança da divisão 1 com a Akane....E EU SÓ SEI QUE EU QUERO UMA TERCEIRA TEMPORADA PARA ONTEM, PORQUE EU QUERO MUITO VER A AKANE TRETANTO COM O KOUGAMI, ESSAS TEORIAS ESTÃO ME DEIXANDO LOUCA!

      Ah, falando em relacionamento poligâmico, há sim um mangá com um enredo assim e que sabe desenvolver a história. Ele se chama Hare Kon! Confesso que não li e pouco sei sobre o enredo, mas pelo que eu vejo por fora é um mongá bem bom e que sabe retratar esse tipo de relação sem cair em clichês ou desenvolvimento brando. (mas vai por mim, campione é uma merda!)

      Olha, toukan gettan é um troço que até hoje eu tô tentando entender! Eu acho que ele foi baseado num jogo hentai, sei lá, só sei que o anime é uma confusão do capeta e no final tu não sabe onde é o começo, meio e fim da história '-'

      Sorry, eu realmente me sinto bem mal por não conseguir curtir InuYasha, aliás, já estou ciente de todas as suas qualidades e da forma natural e um tantinho melancólica que ele aborda a relação das personagens. Como o amor entre uns pode se tornar ódio facilmente apenas por um mal entendido, como alguns personagens frios podem aprender amar o próximo, a relação complicada entre o inuyasha e o irmão dele, as correntes do passado do inuyasaha em relação a kikyou, a maneira como a kagome representa um "novo começo" e uma maneira do inuyasha seguir em frente, os dessentimentos, sentimentos complicados, o ar de drama e melancolia, as batalhas, perdas, descobertas, segundas chances, eu realmente estou ciente de tudo isso, e adoraria até dar uma segunda chance ao anime. Porém, essa segunda chance terá que ficar para as minhas férias quando eu tiver tempo pra maratonar novamente o anime. Mas, eu sinto que eles poderiam ter cortado algumas coisas, ou ter evitado de colocar fillers no meio para dar um ritmo mais acelerado ao anime. Sem mencionar que eu não conseguia ver a Kagome sofrendo vendo o InuYasha preso a sua ex Ç-Ç

      Obrigada por aturar os meus surtos e por não ter me mandado para o inferno devido inuyasha, prometo que tentarei ver novamente o anime com mais paciência xD

      Kiss

      Excluir
  3. ESSE BLOG TÁ TÃO LINDO AAAAAAAAAAAAAAA
    (depois eu volto pra terminar os surtos, juro)

    EU AMO KIMI NO NA WA COM TODAS AS MINHAS FORÇASSSSSSSSS
    SAUDADE DE VOCE HINA-CHAN <333

    ResponderExcluir
  4. Oiee Hinata-chan!!!

    Desculpa não aparecer muito aqui, eu aparecendo e sumindo do nada~
    Eu sabia que vc ia colocar Psycho-pass na lista, pq ne eheheheh E ainda não pretendo ler sobre "kimi no na wa" estou aguardando sair na cinemark para assistir junto com meu mozão. Contudo, já que está na sua lista deve ser muito bom o anime... Não vejo a hora de assistir!!! ><

    Falando de anime ruim, um dos piores gêneros da história é Hárem, um cara babaca, meninas gosto@#s e no fim acaba ficando com garota certinha (wtf?) anime feito só pra homens isso daí, por isso nem perco tempo para ficar assistindo só pra não passar raiva... hunf

    Eu confesso que nenhum dos pires animes (exceto inuyasha) assisti até agora e pelo seus comentários não perdi nada (?) acho ahhaha As vezes essas opiniões são validos e sim, eu seguirei suas dicas meio surtadas kkk xD

    Contudo, amei seu post ♥

    Kiss

    ResponderExcluir
  5. Eu mio que já sabia todos os animes da lista dos melhores, então nem me surpreendi. E Kimi no na wa: tem TANTA GENTE falando desse filme! Eu sinto que preciso MEIXMO ver ele.

    Aí veio a lista de piores, né.
    Nunca ouvi falar de nenhum deles. De onde tu tira essas coisas? Tu acompanha as temporadas? Me sinto a otome mais fajuta que ninguém respeita.

    Aí, poxa.
    InuYasha.
    WHY U NO

    Tá, eu entendo perfeitamente. Eu não sei se você assistiu outros animes da mesma época (Yu Yu Hakusho, Slayers, CDZ, essas paradas aí), mas TUDO ERA MEIO ASSIM. Os animes eram longos e o ritmo das coisas era muito mais devagar mesmo - ler o mangá de InuYasha foi uma experiencia muito bizarra pra mim. Em parte, esse vai-e-volta é uma coisa um pouco do Shounen antigo, mas é algo que ficou muito no estilo da Rumiko. A Rumiko faz isso. Kyoukai no Rinne é meio assim. Não assisti Ranma mas acho que ele pode ser meio assim se pá.
    Se você tivesse conseguido chegar no Kanketsu-Hen, ia infartar. Eu assisti um atrás do outro e nossa, É SUPER CORRIDO. Muda totalmente o ritmo. Mas a season 1 foi muito alongada, eu mesma pulei vários fillers se não tinha nenhuma ceninha legal do ship (INUKAG 4EVER AND EVER KIKYBOSTA NADINHA). Então assim, partiu meu coração, mas não vou te julgar, HAHAHAH! Goxto é goxto anyway~

    Eu acho que notei os posts mais curtos sim, agradeço <3 ando ruim de ler coisas longas demais e tenho tentado não fazer os meus muito longos tb :0 de longos bastavam os textos da facul, né non? HAHAHAHA!

    Beixinhos.

    ResponderExcluir
  6. OHOHO CÊS PENSARAM QUE EU NÃO IA REBOLAR HOJE? -q
    desculpa desculpa, MAS E AÍ VIADA SUAVEEEEEEEEEE?

    Mano eu ando com tanto sono que no feriado eu dormi, e no 20 de setembro eu também dormi. Não sei se é o calor fora de época mas eu to ficando cada vez com mais sono, seloco bicho. CREDO MAI Q CARAIO USAR FERIADO PRA ESTUDAR É UMA MERDA!!!! pior é que vou ter que usar o fim de semana pra fazer um fucking modelo atômico *chora chora*

    Enfim, vamos focar no post antes que eu perca a vontade de comentar e volte a dormir não é mesmo? -q

    MANA, DEIXA EU TE CONTAR: Não sei se foi minha interpretação bosta, mas fiquei com um pé muito atrás em Inu x Boku, eu assisti num fim de semana que me faltou a internet e eu não tinha mais nada pra fazer, e a princípio amei DEMAIS, achei incrível a forma como todos os personagens têm personalidade própria e ~vamo combinar que aqueles poderes super mágicos e todo aquele brilho atrai os fãs de anime sobrenatural né?~ MAS mano quando a Ririchiyou e o Mitsukami ficaram juntos eu dei um GRITO QUE NÃO FOI SÓ QUALQUER GRITO, FOI UM BERRO Ç-Ç achei muito fofo o final (mesmo depois de saber a diferença de idade deles e já ter ficado com um pé na frente e dois atrás), o meu problema foi o OVA. Aquele OVA pra mim foi o cúmulo da lolitagem e sei lá, fiquei muito perplexa com a forma que o relacionamento deles foi retratado ali (PORQUE NÉ MIKETSUKAMI, SUA NAMORADA TEM QUINZE ANINHOS). Btw, como é só um OVA não levei tão a sério, só fiquei bem assustada mesmo -qq Eu não li sobre Steins;Gate porque ainda não assisti e por isso não quero tomar prévias do que me espera, mas acho que assisto até o fim desse ano e depois provavelmente lanço uma sessão de surtos no meu blog -q

    AAAAAAAAAA eu li a novel de Kimi no na Wa, amo muito <3 Não assisti o fime por (vou ser bem sincera) preguiça de baixar, mas acho muito lindos os gráficos e to ansiosa pra assistir. É TÃO BONITINHO DÁ UMA VONTADEZINHA DE CHORAR NÉ???? E bem, pra variar, não assisti os dois animes que tu citou como melhores. sou uma vergonha pra sociedade, eu sei ~

    Ok, você não gosta de Garden of Words. Ok, levei um slap in the face agora, porque esse é meu filme favorito ~tem uma grande profundidade pra mim por eu identificar um certo período da minha vida ali, entende? Mas o final realmente me deixou meio emputecida (porque do nada a história foi pro ar e a moça viajou, fiquei ??????) e bem, talvez eu curta muito esse filme pela minha interpretação pessoal das atitudes deles e de x momentos.

    E AAAAAAA eu simplesmente gosto muito de Inuyasha, tanto quanto gosto de CDZ, sailor moon e outros animes antiguinhos que têm a mesma vibe de "VAMOS DERROTAR O MAL!!/OPA, DERROTAMOS O MAL!!!/ AH NÃO SURGIU UM MAL MAIOR!!!!/VAMOS FICAR FORTES!!!!!/TRETAS INTERNAS!!!!!!/ *repete processo*", e também não assisti inuyasha na TV, mas gosto muito do anime por ele me passar aquela vibe dos animes antigos, eu amo aquela sensação de que tô dando um passeio no passado, sacas? É tipo assistir os filminhos do Studio Ghibli, é inexplicável <3
    ACHO que vou fazer essa quando estiver mais sossegada da vida, sacas? Achei muito interessante, bicho!! E não tem problema seus posts estarem mais curtos, só que Itami aqui vai usar como desculpa pra fazer comentários bosta -q
    Beijo <3

    ResponderExcluir